Festival mode…

Diretamente de Paredes de Coura e em linha com os posts mais recentes, cheios de cor e de vida, um look em modo festivaleira! Sim, sou adepta de festivais, do de Paredes de Coura ainda mais, mas sobre isso falarei mais à frente (ou podem ir seguindo aqui). Hoje um look casual, confortável e bem giro para um mood de verão ou até para um festival de música! Adoro estas calças, já andava de olho nelas online, mas encontrei-as (achei-as mesmo) numa visita à HM do Chiado (adoro!). O contraste do amarelo da t-shirt e da bolsa deram-lhe um toque maravilhoso, alegre e descontraído. Adorei o resultado final. E por aí, gosta destes contrastes ou acha um bocadinho demais?

A mãe veste:
Calças: HM (aqui)
Bolsa: Furla (aqui)
Tshirt: Mango (aqui)
Sandálias: Bohem Soul (aqui)
Pulseiras: Terços da Lupinha (aqui)

#FurlaLovesPortugal

*Beijinhos*

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós

Costa Nova, o post que faltava!

Sim, é verdade. Sinto-me em falta com uma terra de que tanto gosto e à qual volto frequentemente, Ílhavo. Seja no verão ou no inverno visitamos a zona frequentemente, ou não fosse o pai da Carlota de lá. Talvez por causa desta proximidade nunca tenha parado para fotografar as tão famosas casinhas às riscas. A Costa Nova do Prado, a “nossa” praia, à qual voltamos verão após verão, a praia onde Carlota já gosta tanto de estar, a praia que também já é dela. Corre-lhe no sangue, afirma o pai. Este ano voltámos e fomos tirar fotos, muitas fotos e fomos mostrar à Carlota (para as ver com olhos de ver, para ver com atenção) aquelas casinhas tão típicas que encantam toda a gente. Este ano fomos mostrar os Palheiros da Costa Nova à Carlota. E agora, quando entra na zona já diz, “aqui são as casinhas às riscas!” 🙂

Um pouco de história! Os palheiros da Costa Nova são as famosas casas de riscas existentes na praia com o mesmo nome, originalmente em tons de vermelho ocre e preto e que eram utilizados como armazéns no antigamente. Até inícios do século XIX, a Costa Nova era um extenso areal desabitado mas, após a fixação da Barra do Porto de Aveiro, os pescadores mudaram-se para a Costa Nova e começaram a construir “palheiros” para guardarem as redes e outros materiais associados à pesca. Mais tarde vieram as famílias, tornando-os em habitações, com riscas coloridas. Hoje, o colorido da paisagem entre a Ria e a praia, transformam aquele local num sítio perfeito para um dia em família.

 

#Ílhavo #CostaNova #ZonaCentro

*Beijinhos*

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós

33/52

Um look, várias imagens, uma vez por semana, todas as semanas, em 2017!

A Carlota veste:
Vestido: Baumilha (aqui)
Sandálias: Bohem Soul (aqui)
Colar de âmbar: Colar de Âmbar (aqui)
Laço do cabelo: Lemon Hair Lovers (aqui)
Colar com letra C: Terços da Lupinha (aqui)

*Beijinhos*

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós

Fomos ver bacalhaus a nadar…

O Museu Marítimo de Ílhavo é um testemunho vivo da forte ligação dos ílhavos ao mar e à Ria de Aveiro. A pesca do bacalhau nos mares da Terra Nova e da Gronelândia, as fainas na Ria e a diáspora dos ílhavos ao longo do litoral português são as referências patrimoniais do Museu. A cada um dos temas corresponde uma exposição permanente que oferece ao visitante a possibilidade de reencontrar inúmeros vestígios de um passado não tão distante como possa parecer. Há um bacalhoeiro onde podemos entrar, há moliceiros, há uma exposição lindíssima de conchas e búzios (uma das maiores da Europa) e há… um aquário de bacalhaus! Nunca lá tínhamos ido com a Carlota e, aproveitando o facto de ao domingo à tarde não se pagar, fomos até lá com ela. É muito giro! Os bacalhaus chegam-se a nós, parecendo cumprimentar as pessoas, vêm à tona e abrem a boca. Para além disso, o tanque, construído em forma de espiral, permite uma visualização total. Gostámos muito e vamos, com certeza, repetir, tal como milhares de pessoas que fazem dele o museu municipal mais visitado do País.

Uma atividade em família que vale mesmo a pena! 🙂

Pode ficar a conhecer melhor o Museu Marítimo de Ílhavo aqui

*Beijinhos*

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós