No Oceanário…

Levámos a Carlota ao Oceanário de Lisboa, um local ótimo para um programa em família e ela adorou, apesar de ter sido difícil segurá-la (nota mental para uma próxima vez: levar carrinho). Mas gostou, isso é que interessa! Ela adora pinguins, vê-los ao vivo foi uma alegria, adorou o tubarão e as estrelas do mar, que estavam MESMO ali ao pé, e os peixinhos de inúmeras cores. Nós íamos dizendo o nome dos peixes e ela repetia, o tubarão, a manta, a lula, o polvo… Na verdade ela conhecia muito pouco os animais aquáticos!
Começámos pela exposição “Florestas Submersas”, a última criação do japonês Takashi Amano. Pormenores fabulosos, carregados de mensagens pró preservação do fundo dos oceanos, mas igualmente das florestas tropicais.
Dali fomos ver a exposição permanente, o primeiro contacto da Carlota com os peixes foi com uma raia que punha a cabecita de fora do aquário, como que a pedir que lhe coçassem a cabeça, chegando-se ao vidro e interagindo com as pessoas que passavam: o máximo!
Junto ao tanque central o ambiente é propício ao relaxamento, está escuro, a luz incide quase exclusivamente no aquário e dá vontade de estar ali sentado a observar os peixes durante horas a fio. Sentei-me no chão e fiquei a observar, chamando a atenção da Carlota para os peixes que iam passando mesmo à frente dela e ela ora sentava-se, ora tentava tocar nos peixes que passavam, ora apontava para o vidro e repetia os nomes dos peixes! Foi uma animação, cansativa, é certo, mas uma animação!

IMG_0178_1 IMG_0188_1 IMG_0196_1 IMG_0202_1 IMG_0205 IMG_0217_1 IMG_0221_1IMG_0274_1 IMG_0225_1 IMG_0243_1 IMG_0246_1 IMG_0253_1 IMG_0255_1 IMG_0262_1

Foi uma manhã em cheio!

*Boa quinta feira*

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *