Três anos (e meio) depois… antibiótico!

Três anos e meio, uma bronquiolite a uma semana dos três meses, alguns picos de febre, poucas vezes com tosse e quase nunca constipada (até aos dois anos nunca se constipou)! Este era o balanço há uma semana, mas hoje podemos acrescentar uma otite e, pela primeira vez, um antibiótico. Fiquei triste! Fiquei porque pela primeira vez ela não conseguiu combater, sozinha, uma doença que andava vai não vai para chegar há já alguns dias. Fiquei triste porque ela sofreu, passou a dormir mal, a comer mal… para além do facto de lhe doer!

Mas três anos e meio sem nunca ter necessitado de antibiótico é MUITO BOM, não é? Eu acho que é, mas não consigo deixar de pensar na hipótese de, a partir de agora, ser algo mais recorrente! Será que a minha miúda, que quase nunca estava doente, vai começar agora com estas coisas? Virão aí mais otites? Ou outras ites atormentar-nos? Sim, porque nestas coisas eles não nunca sofrem sozinhos. Nós sofremos com eles, muitas vezes em silêncio, mas sofremos!

Já está bem, nunca mais fez febre, anda bem disposta, já recuperou o apetite e já dorme bem! 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e a partir de agora vai mostrar mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro”

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vão lá e adicionem-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

4 thoughts on “Três anos (e meio) depois… antibiótico!

  1. […] Três anos e meio, uma bronquiolite a uma semana dos três meses, alguns picos de febre, poucas vezes com tosse e quase nunca constipada (até aos dois anos nunca se constipou)! Este era o balanço há uma semana, mas hoje podemos acrescentar uma otite e, pela primeira vez, um antibiótico. Fiquei triste! Fiquei porque pela -> … Ver artigo completo no Blog […]

  2. Vânia Q. says:

    Oh…ainda que que está melhor :)! Espero que fique a 100% rapidamente!!! Três anos e meio sem antibiótico é, de facto, impressionante e, na minha opinião, muito saudável. Eu, infelizmente, não consegui. A minha pequenina começou cedo (1 ano +/-), por causa das otites e bronquiolites. A praia faz muito bem nesses casos, e tenho pena de não me ser possível ir mais vezes.
    Mas o facto de ter tomado antibiótico agora, não quer dizer, necessariamente, que vá acontecer, recorrentemente, daqui a diante. As condições climatéricas têm estado agressivas e, pelo que vejo, este ano a gripe (e também sinusites, alergias, etc) atacou bem forte e podem ter sido esses factores a influenciar esse quadro. Espero que tenha sido pontual e que a Carlota continue forte, sem precisar dos antibióticos :)!
    As doenças dos nossos filhos, deixam-nos de coração apertadinho 🙁 e só queremos que passe rápido.
    Beijinhos
    Vânia Q.

    1. sofiasalgadomota says:

      Sim, já está melhor, passou rápido!
      Mas não digo que está pronta para outra, eheheh, que não quero outra tão cedo!
      Beijinho e muito obrigada pelo carinho! 🙂

  3. A minha filha tomou antibiótico pela primeira vez cerca dos 3 anos por causa duma bronquiolite e tem quase 6 não fez mais. Costuma ficar doente uma vez por inverno e passa com antipiréticos, vapores e mimos! Ao contrário da mãe, ela é super resistente! Mesmo estando na escola com as doenças a correrem os colegas todos, raramente apanha qq coisa.
    Com a sua princesa tb vai correr tudo bem!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *