Não sou melhor do que ninguém!

Julgar é tão fácil, apontar o dedo, crucificar e depois de seguida o… eu faço, eu consigo, eu, eu, eu… em contraposição ao outro, o outro que faz, que não faz, que diz. Ninguém aceita verdadeiramente a opinião do outro, a visão do outro, a perspectiva do outro. Vivemos uma era demasiado intransigente, camuflada por falsos moralismos e preconceitos bacocos!

Julgamos demasiado, apontamos demasiado o dedo, compreendemos muito pouco! E esquecemos que, como diz o povo, temos telhados de vidro! Porque olhamos tanto para os outros com um sentido tão crítico? Porquê? Porque não relativizamos? Porque não nos preocupamos mais connosco e menos com os outros? Porque não nos chega a nossa vida? Cá em casa o meu filho há imensos anos que me diz: “Não te chega a tua vida?”. Ele tem razão! Penso nisso tantas vezes e chego sempre à mesma conclusão: a minha vida chega-me! E a sua? 🙂

Agora um mantra para repetir todos os dias:

Faço o melhor que sei e posso e não sou melhor do que ninguém! 🙂

Pode ser? O que acha disto?

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e a partir de agora vai mostrar mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto e de seguida onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro”.

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vão lá e adicionem-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

2 thoughts on “Não sou melhor do que ninguém!

  1. […] Julgar é tão fácil, apontar o dedo, crucificar e depois de seguida o… eu faço, eu consigo, eu, eu, eu… em contraposição ao outro, o outro que faz, que não faz, que diz. Ninguém aceita verdadeiramente a opinião do outro, a visão do outro, a perspectiva do outro. Vivemos uma era demasiado intransigente, camuflada por -> … Ver artigo completo no Blog […]

  2. Xica Maria says:

    A minha também! 🙂

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *