De uma educadora para si que é mãe!

Se vai deixar o seu filho a primeira vez na escola, este texto é para si. Se já deixou e vai voltar a deixar, este texto também é para si! Se conhece alguém que vai deixar, este texto é para ela, partilhe! Se já deixou e quer dar força a quem vai passar pelo mesmo, este texto também é para si! 🙂

Sei que o coração está pequenino, que tem mil e uma dúvidas, que não sabe como lidar com todo esse desassossego. Vai chorar, vai sair com o coração nas mãos, vai-lhe faltar o ar e a voz vai embargar, mesmo que o seu maior tesouro não chore ao vê-la partir, isso vai acontecer. Sabe, é normal! E não faz mal! Os nossos filhos são o nosso bem mais precioso e deixá-los com alguém praticamente desconhecido custa muito. Afinal, quem é aquela cara estranha, o que farão os dois durante o dia. Será que ele vai gostar dela? Pior, será que ela vai gostar dele? É normal, nós sabemos! E compreendemos.

Vai-lhe apetecer ligar 300 mil vezes durante o dia. Para saber se fez cocó, se comeu, se dormiu, se chorou ou simplesmente porque isso a vai sossegar. Ligue, não se acanhe! 🙂

Confie! Do outro lado está alguém que sabe como se faz, que vai acabar por conhecer o seu filho, os seus truques, as suas manias e que o vai respeitar! Uma criança, quando nos é entregue, também passa a ser um bocadinho nossa, por isso dizemos que são os nossos meninos! É assim, faz parte!

Amanhã, quando o deixar na escola, lembre-se sempre: aquilo é um sítio maravilhoso. Ele vai crescer, vai fazer amigos, vai aprender, vai brincar, vai explorar, vai criar laços que, muito provavelmente, ficarão gravados para sempre no seu coração… e no nosso! 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e a partir de agora vai mostrar mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto e de seguida onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro”.

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vá lá e adicione-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

5 thoughts on “De uma educadora para si que é mãe!

  1. […] Se vai deixar o seu filho a primeira vez na escola, este texto é para si. Se já deixou e vai voltar a deixar, este texto também é para si! Se conhece alguém que vai deixar, este texto é para ela, partilhe! Se já deixou e quer dar força a quem vai passar pelo mesmo, -> … Ver artigo completo no Blog […]

  2. Sónia Barreto says:

    Boa tarde,

    Encontrei o seu blogue por acaso e digo-lhe já que estou a adorar! Principalmente o separador Pedagogia.

    Tenho um filho que fez 3anos este mês e que entrou para a pré-primária, numa escola diferente da da creche.

    Adaptou-se muito bem, a mãe, eu, é que está , ainda, a torcer o nariz.

    Calhou-lhe, na rifa (desculpe a expressão), uma educadora, um tanto ou quanto, rígida. Já com uma certa idade
    e não estou a gostar muito dela. Ao ponto de, todos os dias, ter uma queixa do meu filho.

    Ele iniciou a pré a 03SET18, e fez os 3anos a 02OUT18. Pois para ela ele está muito atrasado na linguagem (ele desde os 2anos e meio que sabe o abecedário todo, e conta até 20) mas como na diz os F’s e o V’s para ela está muito atrasado na linguagem!! Que não sabe pegar no pincel….questionei-o sobre isso e ele respondeu-me que gosta mais de pegar assim (da forma que ele pega). Que não quer entrar no “comboio” para ir à casa de banho! E mais coisas destas insignificantes.

    Falei com o pediatra e ele disse que é NORMALíSSIMO tudo isto numa criança que fez agora 3anos! E que há crianças mais sossegadas e outras mais irrequietas!!

    Quando pergunto-lhe se o dia dele correu bem responde-me: “a mãe é muito ansiosa!!” Desculpe??? Não é normal uma mãe/pai perguntar a quem tomou conta dos nossos filhos durante um dia inteiro, desde as 08h30 da manhã até às 17h30, se o dias correu bem????

    Sou eu que estou doidinha ou é esta senhora que já devia estar na reforma???

    Obrigada pelo seu Blogue…Irei continuar a segui-lo com muito gosto!

    Ahhh e já agora, não quer ser educadora do meu filho?;)))))

    1. sofiasalgadomota says:

      Fez-me rir, a sério! Eu posso ser educadora do seu filho, mas se calhar não lhe fico muito à mão! Realmente há coisas que não entendo, mas não somos todos iguais, felizmente. Também há quem não aprecie as minhas práticas. Mas o miúdo gosta? Está bem? É bem tratado? Se sim não se preocupe, ele ainda só tem três anos, é muito pequenino! Se precisar de ajude não hesite em contactar. 🙂
      Beijinho grande

      1. Sónia Barreto says:

        Muito obrigada!

        Ele está a gostar, porque para ele é só diversão, e estar com os seus amiguinhos “nórros” (novos) … mas a educadora é muito rígida, ao ponto dele chegar a casa e dizer por tudo e por nada desculpa!! Já tentei explicar-lhe, de uma forma simples que desculpa só se pede quando fazemos algo de errado. Dou-lhe um exemplo que aonteceuhoje de manhã: já estavamos no carro e lembrei-me, ao olhar para ele, que não lhe tinha colocado creme na cara. E verbalizei alto, mas para os meus botões. Ele disse logo: “desculpa mãe” E eu perguntei-lhe porquê que estava a pedir desculpa e ele disse que era porque eu não tinha colocado creme na cara.

        Bem, vamos aguardar por novos desenvolvimentos.

        Mais uma vez muito obrigada.

        1. sofiasalgadomota says:

          A minha filha passou por essa fase, também pedia desculpa por tudo e por nada, acho que também têm a ver com a compreensão, ainda não conseguem perceber bem o significado da palavra. 🙂
          É aguardar, se precisar de ajuda pode enviar mensagem!
          Beijinho

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *