Aos senhores que fazem livros infantis, um pedido!

Diz quem sabe que para bebés e crianças pequenas, até aos três anos, se devem privilegiar as imagens reais. Que a criança ainda não tem capacidade para fazer a ligação entre o real e o imaginário. Que o seu conhecimento e compreensão do mundo acontece de forma gradual – primeiro o objeto, depois a imagem real e só depois a imagem animada! Posto isto, digam-me, por favor, por que é que não há livros com imagens reais em Portugal? Ou, se há, são tão raros que nunca os vejo?

Há uns anos havia uma coleção espetacular da Book.It, chamava-se Pequenos Passos, e estava dividida por idades. Só que desapareceu, evaporou-se, nunca mais foi vista! Tenho imensa pena, porque considero ser uma mais-valia para qualquer casa com bebés pequenos, e berçário, by the way! Até porque se procurarmos numa loja estrangeira eles são imensos. Com animais, com objetos de casa, com bebés… Bem, há de tudo! Mas por cá, procuram-se e não se encontram, por isso é urgente que alguém os edite! 🙂

Já agora deixo um pedido, se vir algum avise-me, por favor! Pode ser?

Este look é lindíssimo e pode vê-lo melhor aqui! 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e mostra mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto, depois onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro.”

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vão lá e adicionem-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

One thought on “Aos senhores que fazem livros infantis, um pedido!

  1. […] Diz quem sabe que para bebés e crianças pequenas, até aos três anos, se devem privilegiar as imagens reais. Que a criança ainda não tem capacidade para fazer a ligação entre o real e o imaginário. Que o seu conhecimento e compreensão do mundo acontece de forma gradual – primeiro o objeto, depois a imagem -> … Ver artigo completo no Blog […]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *