NÓS… no Portugal Fashion

O fim de semana foi de Portugal Fashion e nós não deixámos de estar presentes. Desta vez os três, pela primeira vez os três. Fomos ver a(s) moda(s), fomos ver gente, fomos à festa, como lhe chama a Carlota. E é! É a festa da moda da cidade do Porto. A 41.ª edição do Portugal Fashion contou, mais uma vez, com os melhores designers nacionais e estendeu-se a vários espaços da Invicta. Em algumas das imagens mostro o antigo matadouro municipal do Porto, em S. Roque da Lameira. Um edifício abandonado, preparado especialmente para este dia: 14 graffiters, durante 10 dias, coloriram as paredes cinzentas com a sua arte. Arte urbana no seu melhor, ADORO! Claro que não deixei de lá ir e é também claríssimo que quero muito voltar e fotografar como deve ser, que com a Carlota não consegui!

Pode ficar a saber mais sobre esta e outras edições do Portugal Fashion aqui! 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós

Nós à descoberta… Ô Hotel Golf Mar

No fim de semana fomos conhecer um pouco mais a região Oeste. Confesso que me é um pouco desconhecida e tenho pena. Toda a costa me parece lindíssima e excelente para fins de semana em família. Este foi!

Ficámos instalados no Ô Hotel Golf Mar, no Vimeiro. Já tinha ouvido falar do hotel, sabia que tinha ganho os Pumpkin Awards na categoria de melhor estadia para famílias e já tinha visto algumas imagens. Fui experimentar e gostei muito. Apesar do aspeto um pouco desgastado, não é novo e não é luxuoso, de todo, mas é limpo, confortável e o atendimento é fantástico. Fomos muito bem recebidos, todo o staff é de uma simpatia imensa, prestável, educado, nada a dizer a não ser bem! Para além disso, as atividades são imensas. O hotel dispõe de piscina exterior e interior. Estava calor, mas a água da piscina exterior estava gelada, a solução que encontrámos foi tomar banho dentro e secar ao sol fora! Para a Carlota nem era preciso secar, patinho como é, não saiu da água toda a manhã! O hotel proporciona ainda uma série de atividades radicais (e não só) no Clube Aventura. Ali os miúdos podem desfrutar de três insufláveis enormes (e eu sei como os miúdos ADORAM insufláveis), minigolfe, paintbal, slide… É ainda possível alugar bicicletas e percorrer a zona. Foi o que fizemos no domingo, os quatro, fomos de bicicleta até à termas do Vimeiro. O percurso é lindíssimo, cerca de 1,5 km junto ao rio, numa estrada onde não passam carros. Éramos nós, a natureza e mais algumas pessoas a aproveitarem uma soalheira manhã de domingo! No final e em modo de despedida, mãe e filho radicais embarcaram numa descida de slide, uma maravilha! 🙂

Mas o melhor…

…bem o melhor foi quando pousei a cabeça na almofada e no silêncio da noite ouvi o mar! E adormecer com o embalo das ondas é qualquer coisa de extraordinário. Este sentimento de paz que o mar nos traz é simplesmente maravilhoso! E ali havia mar por todo o lado. O hotel, que fica mesmo em cima da praia, tem uma vista soberba! 🙂

A verdade é que viemos felizes e descansados, a Carlota cheia de histórias para contar e com uma data de novas experiências e vivências!

Pode ficar a saber mais sobre Ô Hotel Golf Mar Vimeiro aqui!

 

*Beijinhos*

Sofia

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós

Vi Portugal a arder!

Ontem escrevi isto na página do Facebook:

“Chegamos há pouco do Vimeiro, durante toda a viagem vi incêndios🔥, sinto que fintámos alguns cortes de estrada, passámos por sítios que foram cortados minutos depois. Viajámos lado a lado com incêndios quase todo o caminho, o céu não se via, só fumo, muito fumo e às vezes labaredas. Um calor insuportável e vi gente que ainda deita beatas pela janela. Nunca, em toda a minha vida, vi o que vi hoje. É triste, muito triste! 😔 Que chova rápido e muito, já faz falta!💦☔️💧”

É verdade, vi de perto muitos dos grandes fogos que deflagraram ontem em Portugal. Vi o pinhal de Leira a arder, vi Vagos a arder, passei na A25 pouco antes de ser cortada. Vi a A1 a ser cortada, passei ao lado de Vale de Cambra e vi a A3 com fogo dos dois lados. Cheguei a casa e da minha janela vi os montes que circundam Braga a arder. Vi e praguejei. Vi e pensei, como é possível? Não consigo perceber como é que ainda há gente que deita beatas (acesas) pela janela. Não percebo, não compreendo. O país estava a arder e eu vi isso ontem na autoestrada. ONTEM, naquele que foi o pior dia de incêndios em Portugal! Quem o fez ontem fá-lo sempre. E as queimadas? Como podem achar que por estar em outubro se podem fazer? Ignorância? Não, não pode ser. Temos a obrigação de estar mais informados, mais conhecedores, temos a obrigação de saber mais… Não há consciência. Não há respeito. Há, isso sim, um profundo egoísmo. Só pensamos no nosso quintal, nunca no do vizinho. Não acho que exista apenas um culpado, acho que somos todos, que a responsabilidade é de todos nós. Temos que cuidar, temos que proteger e temos que alertar. Temos que fazer mais e melhor. O sentimento é de profunda tristeza. A consternação é enorme. O sentimento de impotência e medo invade-nos! PORRA, PÁ!

Neste momento só me ocorre uma coisa, fazer-me sócia dos bombeiros e pedir a todos que façam o mesmo. A ajuda não é grande, até porque a quota é baixa, mas se todos o fizermos vamos ser muitos e isso pode fazer a diferença. Sei que em Guimarães, por exemplo, há um apelo urgente, mas com certeza que o apelo é extensível a todos os quartéis por esse país fora! 🙂

 

*Beijinhos*

Sofia

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós

Um passeio por Guimarães… do castelo ao Paço dos Duques!

Sábado foi o dia dos castelos, por isso aproveitámos a borla domingueira (ao domingo, até às 14h00, não se paga) e fomos visitar o castelo de Guimarães. Já falei aqui do quanto a Carlota gosta do castelo da sua cidade, de como fica animada quando passa lá ao lado, do quanto gostou de o visitar. Saber que ao domingo de manhã é grátis para os cidadãos portugueses só me deu uma ideia de atividade para fazer com ela várias vezes. Afinal, vivemos lá ao lado! Imbuídos por este espírito de descoberta visitámos também o Paço dos Duques, nunca lá tínhamos ido com a Carlota! Foi interessante ver a curiosidade dela com o que se passava, queria saber quem vivia ali, quem era a princesa das camas, admirou-se com a mesa enorme… Foi, sem dúvida, uma experiência diferente e bastante enriquecedora!

No fim da visita ainda pôde pintar a carinha, como tanto gosta, com um grupo de animadores que por ali andava! 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Siga-nos no Instagram —> @sofiasalgadomota
E no Facebook —> Pedaços de Nós