Miúdos e tesouras, o que importa saber!

Não sei se é por ser educadora de infância, mas a minha filha usa tesoura desde muito pequenina. Ainda não tinha dois anos e já pegava na tesoura e tentava cortar as unhas às bonecas. Claro está que, nesta altura, apenas o fazia com supervisão, mas aos dois anos comprei-lhe a sua primeira tesoura. Essa tesoura era utilizada comigo ao lado dela. Cortava um papel qualquer, por vezes os panfletos do supermercado. Mais tarde, aos três anos, a tesoura passou a fazer parte do material de artes plásticas. Hoje em dia já usa quando e como quer!

Se tenho medo? Não, nenhum! Eu sou apologista de que devemos oferecer aos nossos filhos quase tudo, temos é que os ensinar (orientar). Se se pode cortar? Pode, mas acho que me corto mais depressa eu com uma faca (está sempre a acontecer). Se um dia vai cortar o cabelo? É provável, mas também não vejo grande problema nisso. É normal, faz parte. É mais uma experiência e, afinal, ele cresce! O irmão já era grande, já tinha, como costumo dizer, idade para ter juízo e cortou. Depois cresceu! 🙂

Considero, até, a superproteção dos miúdos contraproducente e não oferecer uma tesoura adequada a uma criança é superproteção. A tesoura é um instrumento cheio de potenciale  que ajuda imenso:

  • No desenvolvimento da motricidade fina;
  • Na coordenação visual;
  • Na coordenação óculo-manual;
  • No desenvolvimento da lateralidade.

Todas estas competências são importantíssimas na entrada para o primeiro ciclo, sendo fundamentais na altura de aprender a escrever! 🙂

E, por aí, permite a livre utilização da tesoura ou tem medo? 🙂

As tesouras usadas por mim e pela Carlota são da Batil (aqui)! 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e mostra mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto, depois onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro.”

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vão lá e adicionem-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

A delícia que foi o brunch do Moscada!

Adorámos tudo, de tal maneira que queremos imenso voltar! 🙂

No passado fim de semana fomos experimentar o brunch do Moscada, em Guimarães! Não conhecia nem o brunch, nem o espaço e fiquei encantada.

O espaço é giro, é super confortável, sentámo-nos num sofá, tem zona para fumadores e não fumadores e tem uma luz maravilhosa, eu reparo sempre nestas coisas. O brunch é servido em modo buffet, pelo que se circula pelo espaço para escolher aquilo que mais nos agrada. Cada um de nós escolheu o que mais gostava. Quem viu os meus stories do Instagram (se não viu pode ver aqui), percebe bem como somos diferentes. 🙂 O menu buffet serve MESMO esse propósito! O difícil foi escolher, tinha imensa variedade e tudo com um aspeto delicioso. Mais uma facada na dieta. Ou talvez não! No Moscada as refeições são elaboradas com a supervisão de Tânia Tinoco, nutricionista. Afinal…

Pontualmente, o Moscada cria menus temáticos, podem ter como inspiração países, tradições ou estilos de vida. Quando nós lá estivemos havia barbecue e nós grelhámos a carne! A ideia é super gira, original e permite uma grande versatilidade nos pratos.

Um dos aspetos que mais me marcou foi a água. Era da torneira, purificada, com um princípio ecológico que me agradou muito! Quem me conhece, sabe o quanto estas coisas mexem comigo. O que li no rótulo daquela garrafa e toda a questão ambiental a ele associada, fez-me pensar. Afinal assim há uma diminuição efetiva do plástico utilizado. Apeteceu-me muito adotar esta ideia cá em casa! 🙂

Adiante… deixo as imagens para lhe fazer crescer água na boca, mas garanto-lhe desde já que estava tudo bem mais delicioso do que aparenta nas imagens!

O brunch no Moscada é servido todos os domingo e feriados, das 11 às 15h00. Se tiver alguma dúvida, pode esclarecer clicando aqui! 🙂

Só um aparte, Tânia Tinoco tem uma loja ao lado do restaurante com produtos naturais e uma sala para workshops de alimentação saudável (veja aqui). Vale a pena a visita!

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e mostra mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto, depois onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro.”

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vão lá e adicionem-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

32/52

Um look, várias imagens, uma vez por semana, todas as semanas, em 2018!

A Carlota veste:
Flores: Cat (aqui)
Colar: Lupinha (aqui)
Vestido: Clafoutis (aqui)
Sapatilhas: Pisamonas (aqui)
Bolsa: Le Petit Marshmallow (aqui)

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e a partir de agora vai mostrar mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto e de seguida onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro”.

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vá lá e adicione-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota

A minha filha é radical!

As Gualterianas invadiram a cidade de Guimarães e nós, como é óbvio, fomos até aos carrosséis com a Carlota! Ela também não nos deu grandes hipóteses de fugir! 🙂

Adiante! Nos primeiros dias ainda andou naqueles super sossegados, que andam apenas à roda, não saem do sítio, no fundo, aqueles que não têm grande emoção. Só que na última incursão alguém lhe ofereceu fichas para os carrinhos de choque e aí… bem, foi a loucura! Nunca mais a minha filha quis saber dos outros carrosséis. Agora só quer tudo o que ande a uma velocidade considerável, tipo aquele que tem uma tigela que anda sempre à roda (e que eu odeio), ou os elásticos que a atiram para a estratosfera! 🙂

Os carrinhos de choque… a estreia foi digna de registo! Na primeira ficha não percebeu muito bem como aquilo funcionava, ria-se como uma perdida de cada vez que iam contra ela. Da segunda já dominava e à terceira estava pro! Foi muito engraçada esta experiência! Agora 🙂

*Beijinhos*

Sofia

Nota 1: o Facebook alterou o algoritmo e a partir de agora vai mostrar mais posts dos amigos e menos das páginas que seguimos. Para continuar a saber dos nossos posts basta ir aqui à nossa página, clicar em gosto e de seguida onde diz “A Seguir” e seleccionar “Ver Primeiro”.

Nota 2: Outra opção é adicionarem-se ao grupo do blogue Pedaços de Nós (podem fazê-lo aqui)! Esta está foi a solução encontrada para que as nossas leitoras não percam pitada. Neste espaço partilharemos apenas os posts que normalmente são partilhados na página, por isso vá lá e adicione-se!  🙂

Siga-nos também no Instagram —> @sofiasalgadomota